Pretagonismo

Pretagonismo

Pretagonismo

Pretagonismo – 2018

O projeto Pretagonismo busca resgatar a ancestralidade de África, de forma visual e conceitual, presente em cada mulher negra e das experiências presentes em nossas vivências.


Natália Mota – São Paulo/SP – 1997

Natália Mota, 21 anos, Brasileira nascida no extremo leste da capital de São Paulo, na periférica Cidade Tiradentes, desenvolve uma linha de estudos à cerca da presença da mulher negra nas Artes, sobretudo na rua, no meio do Graffiti. Ambiente esse antes, jamais permitido e receptivo para conosco. O projeto Pretagonismo busca resgatar a ancestralidade de África, de forma visual e conceitual, presente em cada mulher negra e das experiências presentes em nossas vivências. Pretagonismo é um projeto que cresce conforme aprende e absorve os ensinamentos entre mulheres, enfrentando assim os diferentes tipos de opressões que nos cerca.

A relação que tenho com meu trabalho é reflexo da vivência com a rua e os elementos do Hip Hop enquanto mulher preta e periférica. Essa realização não seria possível sem o desenvolvimento que pude ter com a PKZ Crew (PokaZideia) formada por mim Mota (Personagens), Frits (Bombs) e  IsroPale (Pixo e Grapixo), que me ajudaram a desenvolver meu traço, desbravar e ocupar as ruas e espaços antes dificilmente predominados por mulheres. Nosso desenvolver acontece não somete enquanto Crew, quando juntas, mas principalmente enquanto artistas individuais, se desenvolvendo no ambiente em que moramos: São Paulo Capital,Interior de São Paulo e Rio de Janeiro.

proacsp
prefeitura-bauru
cidade-movimento-bauru
top-fm
eme-d
secretaria-cultura-governo-sp